Como aplicar Reiki e se tornar um mestre

aplicando a oração reiki

Reiki já se tornou sinônimo de qualidade de vida, já que os benefícios dessa terapia resgatam aquela paz interior, que nos sintoniza com as energias positivas à nossa volta. 

Aplicado através da imposição de mãos, a procura pelo o que é Reiki vem aumentando cada vez mais e, consequentemente, o aprimoramento dos aprendizados. Dentre essa procura, muitos almejam se tornar um mestre Reiki, mas como atingir esse nível de sabedoria?

Prepare aquele cházinho e acompanhe o nosso compilado de dicas e informações de como se tornar um mestre de reiki.

O que é preciso para se tornar um Mestre reiki?

Para iniciar nossa troca de conhecimento, é importante dizer que o reiki é livre de dogmas do mundo físico, como religião e crenças, portanto, é para todos! Esse é um fato decisivo para o caminho de se tornar um mestre Reiki, já que a inclusão, junto com a emanação de bons sentimentos, fazem parte desse processo.

Atingir tal maestria reikiana envolve um trabalho interior — uma espécie de aperfeiçoamento espiritual, com o objetivo renovar as essenciais para emanar as energias — e também uma acadêmica, onde o estudo garante o aprendizado de experiências importantes, funcionalidades e também de direcionamentos.

De forma resumida, o trabalho interior tem relação com a emanação de amor, dedicação, resiliência, novas visões, entre outros aspectos. É preciso estar bem consigo mesmo e com o mundo espiritual que te envolve, para assim, passar os legados e aprendizados do reiki. 

Já o caminho “acadêmico” refere-se aos cursos e workshops. Geralmente dividido em níveis, os cursos de reiki ensinam sobre o poder dessa terapia e como usá-la da melhor forma. Esse é um caminho importante no mestrado, porém, não precisa de pressa. Inicie essa etapa com amigos e pessoas conhecidas que possam te transferir os aprendizados de forma mais dinâmica, para depois partir para a prática com desconhecidos. Lembre-se que o aprendizado sempre acontece em etapas, de forma leve o suficiente para obter o conhecimento sem ludibriar a experiência. 

O que se aprende em cada Nível Reiki 

Níveis de reiki

A duração do curso reiki irá variar, porém, todos passarão pela hierarquia de níveis. Imagine que o processo para se tornar um mestre seja como uma simples escada. É impossível chegar ao topo pulando os degraus, já que cada um deles possui uma lição importante. Na grande maioria, os níveis são divididos em três.

Nível 1: Esse é o ponto de partida, aberto para todos. O nível inicial é focado em introduzir o conceito de energia universal aos iniciantes. Por essa razão, todos podem se beneficiar dos aprendizados desse nível, já que não é necessário nenhum conhecimento prévio. É nessa etapa que dúvidas dos alunos serão consideradas com mais frequência, além dos constantes ensinamentos sobre o liberamento dos canais de energia.

Nível 2: Quando o aluno já adquiriu certa prática do reiki, estará pronto para o nível 2. Essa etapa é responsável por abrir ainda mais os canais de energia e também apresentar os símbolos aos reikianos, responsáveis por aprofundar o nível de conexão entre o aluno e a força universal. Os principais são: símbolo do poder, símbolo mental e símbolo da distância. 

Nível 3: O terceiro nível é também uma etapa responsável por abrir mais canais de energia, porém, de forma mais intensa. Trabalhos mais pontuais, para elevar o aprendizado físico e espiritual, são realizados. Novos símbolos, técnicas de reiki a distância e canalização em grupo são outros dos aprendizados, mas o que mais se destaca é o autoconhecimento, onde cada indivíduo começa a se conectar com seu eu interior com mais facilidade. É comum também nesse nível que o reikiano sinta a necessidade de mudar os caminhos e hábitos de sua vida.

Se preparando para a aplicação do reiki

Preparação para aplicar reiki

A aplicação do Reiki necessita de pré cuidados, antes de de fato acontecer. É necessário primeiro realizar a limpeza das mãos, utilizar roupas limpas, que não acumulem energias densas, e que seja feita em um ambiente limpo. A segunda etapa da pré-aplicação é a necessidade de se conectar com as forças superiores, através da técnica reiji-ho. A terceira etapa é chamada de centramento,  que consiste em realizar uma meditação gasho na altura do coração. Posteriormente, é realizada a técnica byosen, para gerar foco e localizar os bloqueios energéticos. E por fim, é realizado um agradecimento, seja por reiji-ho ou outras técnicas. 

Os 5 princípios do Reiki

as mudanças proporcionadas pelo reiki

Para manter a essência pura do reiki, cinco princípios foram desenvolvidos, com o intuito de que a aplicação seja sempre livre de energias negativas e também, que seja rica em pensamentos positivistas, que resultem em uma aplicação mais pura. São eles:

  1. Não se irrite
  2. Não se preocupe
  3. Seja grato
  4. Trabalhe com afinco
  5. Seja amável e gentil

Para garantir não apenas a efetividade, mas também a auto reflexão, o aplicador deve pensar em cada um dos princípios de olhos fechados, para compreender como eles afetam todo o processo. Quer conhecer mais sobre o Reiki? Veja nosso outro artigo e se aprofunde mais nessa técnica. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *